Comprei Minha Primeira Moto: Kawasaki Ninja 300 Branca

Depois de muitos meses juntando dinheiro do meu cansativo trabalho com blogs eis que consegui comprar minha primeira moto com dinheiro totalmente ganho pela internet, enquanto trabalhava como empregado jamais pensei em comprar uma moto mini esportiva, aliás mal ganhava o suficiente pra sobreviver e nem mesmo pensava em uma moto simples, no entanto depois que passei a trabalhar como autônomo eis que me vi com condição de comprar uma Kawasaki ninja e venho contar minha experiência pra vocês.




A princípio eu mal sabia sobre o universo das duas rodas, pensei que minha primeira moto seria uma Honda Twister 250 pois ela tinha um porte mais robusto do que as CG´s 150 e outras motos do tipo mais ´´Magrelinhas´´ no entanto com o passar do tempo e com minha afortunada descoberta de carreira aumentei a minha ambição, ao entrar em um grupo da Kawasaki no facebook me apaixonei logo por uma Ninja 250 Preta, coloquei como meta juntar os 10 mil reais pouco a pouco e comprar minha tão sonhada primeira moto, outras motos ainda rondavam minha escolha como a CB300 e a GT 250R.

Kawasaki ninja 250, minha primeira meta



Com o tempo de convivência no grupo e vendo as publicações de outros usuários logo vi pela primeira vez as Ninjas 300, a branca foi a que me conquistou de vez, vi que o preço dela (15 mil + ou -) era um pouco mais salgado que as 250, mas a aparência dela me conquistou tanto que decidi juntar mais e esperar mais um pouco, mais tarde assistindo videos do youtube vi o quanto ela era uma boa opção e o que os mototubers achavam dela, quanto mais assistia esses videos mais ansioso eu ficava pra comprar logo a minha ninjinha, durante muito tempo andei de a pé e fiquei encarcerado no meu quarto mesmo ja tendo uma boa quantia de dinheiro, mantive a paciência durante dias a fio pois era a ninja 300 que eu queria e nenhuma outra serviria.



Durante umas férias na casa de um tio em uma cidade vizinha um pouco maior que a minha e mais movimentada (Patos de Minas), andando pelas ruas eis que vi ela pessoalmente pela primeira vez estacionada, foi amor a primeira vista, ela estava linda, toda vestida de branco... me aproximei vagarosamente para não levantar suspeitas rsrs e apreciei cada mínimo detalhe, sua baixa estatura e sua carenagem robusta, seu desing geométrico e sua cor branca me fizeram ter a certeza de que era somente ela que eu queria, fiquei louco por essa moto e ansiei por ver ela novamente nas ruas, mas não a vi novamente durante estas férias.




Quando atingi uma grana próxima a quantia necessária para comprar uma ninja 300 semi-nova meu pai me emprestou o resto e fomos busca-la em Belo Horizonte, uma viagem demorada e cansativa foi recompensada por vê-la novamente na casa do vendedor, fiquei com medo pois ela é maior que as motos comuns, mais pesadinha e bonita, botamos ela no baú do caminhão e fomos embora de volta pra minha cidade natal, a ansiedade de descarregá-la e domá-la fervilhavam em mim a cada instante.


O QUE EU APRENDI COM A MINHA NINJA 300:




É UMA MOTO QUE CHAMA MUITO ATENÇÃO:
Possuir uma moto dessas em uma cidade pequena é o mesmo que se tornar uma celebridade local, a ninja 300 é uma moto muito bonita e as pessoas sempre torcem o pescoço pra admira-la, logo em todo lugar que você estaciona chegam pessoas perguntando dela, sobre cilindrada, peças, quilometragem, top speed, experiência em rodovias e alguns ousam até pedir pra montar nela kk, no mais é uma moto chamativa e que chama atenção das pessoas por sua beleza e por seu design se assemelhar a outras motos esportivas de maior cilindrada.

É UMA MOTO QUE NÃO TOLERA QUEDAS:
Cair nesta moto pode custar caro, as carenagens dela são frágeis e caríssimas, até os adesivos dela são um absurdo, para nossa sorte existem Sliders que podem ser acoplados nas laterais moto para evitar maiores danos caso ela venha a cair, com o slider o máximo que pode acontecer ao cair são pequenos arranhões e amassados que podem ser reparados saindo mais em conta do que comprar outra carenagem nova, é o tipo de moto que não foi feita para entrar no ´´corredor´´, é preciso tomar cuidado redobrado em cruzamentos, é preciso estacioná-la muito bem certificando-se que o tripé ficou firme, é preciso tomar muito cuidado com manchas de óleo na pista, poças de areia, pista molhada, buracos e também é preciso evitar parar a moto em lombadas ou declives, o peso dela junto a inclinação da rua facilmente a deita no chão, é uma moto que cair pode custar muita decepção e dinheiro, palavra de quem sabe..(infelizmente kk).

DE INÍCIO O BARULHO DELA PARECE FRACO, SÓ PARECE...
Quando assistia os videos no youtube eu desdenhei do ronco dela e considerei mais a aparência bonita, achei que pelo fato dela ser dois cilindros o ronco dela seria semelhante as motos mais fracas, mas ao andar nela percebi que estava redondamente enganado, no início da aceleração e andando devagar o ronco dela não se sobressaí, mas ao acelerar mais a fundo ela da uns ´´grunhidos´´ muito fortes, é possível usar um escape modificado o que melhora ainda mais o ronco, no entanto preferi manter o escape original para não judiar do motor.

É UMA MOTO COM MANUTENÇÃO BARATA:
Ao olhar a moto você logo pensa que pelo porte dela seria preciso pedir peças toda vez que for fazer revisões ou reparos, isso é até válido para as peças exclusivas dela como as carenagens, no entanto em relação as manutenções frequentes ela compartilha muitas destas peças com outras motos comuns ! tipo Fazer, Falcon, Twistter e CB300 por exemplo, de modo que trocar pastilhas de freio, setas, pneu, pinça, corrente, rolamentos, eixos, cabo de embreagem, pinhão entre outras peças comuns será bem fácil.

É UMA MOTO PERIGOSA
Aliás todas as motos são perigosas pois durante uma batida você não terá proteção nenhuma, eu só vou pra rodovia depois que tiver todos equipamentos necessários para amenizar esta questão, é bom comprar botas, luvas, capacete mais profissa (comprei um capacete de malandro até ter mais condição kk), sliders procton, e a jaqueta inflável, esta jaqueta é o principal, ela tem um gancho que é fixada na moto como se fosse um cinto de segurança, no entanto caso haja batida ele se solta com a força do impacto ativando os airbags que  inflam enquanto voce da umas piruetas no ar e protegem os pontos mais danificados na queda quando em acidentes de moto: coluna e pescoço, assim aumentando a chance de sobreviver em acidentes, mas o ideal é claro sempre usar direção defensiva e sempre ser muito, mas muito cuidadoso para não precisar depender destes equipamentos.

Jaqueta inflável, altamente recomendado para rodovias e cidades grandes


AO COMPRAR UMA NINJA, VOCÊ ENTRA PRO MUNDO DAS 2 RODAS
A ninja 300 é bem admirada por outros motoqueiros que possuem outras motos diferenciadas, ao andar com a minha percebi que existe uma certa afinidade entre os motoqueiros portadores de motos maiores, toda vez que você esbarra com outro motociclista trafegando com uma moto de alta cilindrada, carenadas, ou até mesmo outras ninjas, os caras mesmo sendo estranhos e sem te conhecer dão uma buzinada em sinal de ´´irmandade´´, daí você retribui para mostrar que também é da família dos ´´apaixonados pelas duas rodas´´.



2 comentários:

  1. Quem bom marco. sou eu Erick, aquele cara que sempre aparece kkk ....ainda ta usando lomandee?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eae Erick, bom te ver novamente por aqui, sim to firme com a lomadee.

      Excluir

--------->>> REGRAS <<<--------------

- Este blog não fecha parcerias com outros blogs e nem com empresas
- Comentários ofensivos NÃO SERÃO LIDOS E SIM ´´EXCLUÍDOS´´
- Reporte erros e falhas do blog como links quebrados, videos fora do ar ou equívocos, agradeço.
- Não coloque links dentro do comentário, coloque em ´´comentar como nome/url´´
- Você tem alguma dica, indicação, sugestão que complementa o post ? comenta ai que eu avalio e adiciono ao post !
- Se desejar que eu responda, cite meu nome ou faça uma pergunta e responderei assim que possível
- Seja educado
Obrigado pela visita