Decepção com a Vida Adulta - Uma Crítica Social Foda

Ao longo da vida vamos notando certas mudanças ao nosso redor que nos mostram como o mundo realmente é, tendências de comportamento, modismos, novas tradições e reinvenções que surgem com a modernidade e a tecnologia, há mudanças significativas da adolescência para a vida adulta que eu realmente me decepcionei ao descobrir, a maioria de nós aceita estas coisas e segue em frente como se tudo estivesse bem, mas minha consciência me diz que estas coisas não estão certas e que não devo me acostumar a elas.




MAIS CONHECIDOS, MENOS AMIGOS
Com a chegada da tecnologia vivenciei um fenômeno decepcionante, os amigos que antes se encontravam em pracinhas, ou na rua da frente de casa, em uma lan house, em uma sorveteria, agora estão presos em um local dos quais não saem mais, e mesmo quando fisicamente presentes ainda continuam com a atenção presa nas redes sociais, as redes sociais nos encheram de conhecidos, porém reduziram nossa quantidade de ´´amigos´´, conhecemos pessoas do outro lado do mundo ao passo que desconhecemos aqueles que moram perto.





MAIS COMPETIÇÃO, MENOS EMPATIA
Quando era criança, apenas se aproximar e perguntar sobre um assunto em comum ja era o suficiente para nos render boas companhias e novas amizades, no entanto com a chegada a vida adulta essa empatia se esgota, dando lugar a uma competitividade, as pessoas  passam a si super valorizar classificando-se de todas as formas possíveis: seu status social, seu carro do ano, seu cargo, sua formação, seu desenvolvimento físico etc.. tornam-se motivos para se engrandecerem e diminuírem os outros, dividindo-se em grupos seletos e isolados, não é mais tão fácil fazer amigos porquê as pessoas ja não fazem mais amizades com qualquer um.




Livro do qua ele se refere no video



MAIS RIQUEZA, MENOS FAMÍLIA
Depois que crescemos percebemos que as pessoas vão embora, vão pro exterior construir riquezas, vão para outras cidades, buscam satisfazer seus interesses financeiros, pra trás ficam os colegas de infância, filhos, família, amigos de longa data etc.. desaparecem por anos, privam seus entes queridos de participar de suas vidas em nome do dinheiro deixando pra trás apenas as lembranças, ao envelhecer o ciclo se inverte, aí os filhos, amigos e família é que o esquecem em algum hospital ou casa de repouso.





MAIS SUCESSO PROFISSIONAL, MENOS SAÚDE
Neste ciclo deprimente de pessoas cansadas nas segundas feiras e alegres nas sextas feiras, grandes metas são atingidas, nos esforçamos para comprar um relógio caro, mas não temos mais o tempo e obviamente jamais poderemos comprá-lo de volta, junto com o tempo também perdemos a paz de espírito e apesar da medicina avançada também perdemos a saúde.






MAIS APARÊNCIA, MENOS ESSÊNCIA
Segundo Andy Warhol ´´No futuro todos serão famosos por 15 minutos´´ a exposição exagerada as redes sociais está levando as pessoas a se tornarem cada vez mais superficiais, esta sendo mais importante ´´aparecer´´ do que propriamente ´´ser´´, fotografar uma comida vale mais do que degustá-la, tirar uma foto em grupo vale mais do que apreciar companhias, se filmar em um evento vale mais do que vivenciá-lo, mostrar-se em forma vale mais do que ser saudável, fotografar um acidente vale mais do que salvar o acidentado, se exibir um veículo caro vale mais do que um passeio.





MAIS PAQUERAS, MENOS AMORES
Bem parece que hoje em dia os costumes românticos também são outros, se antigamente fazer uma serenata romântica, mandar flores, cartas, passear a pé na praça de mãos dadas e formar uma família eram tradições agora ter tais valores morais tornou-se sinal de tolice, parece que o que conta agora é ter  maior número de paqueras, promiscuidade é a nova moda na música e vídeo, escolher os parceiros pelo que eles ostentam e não pelo que são é a nova tendência, propagar intimidades é ser sexualmente bem sucedido, o sexo tornou-se fácil de encontrar ao passo que o amor tornou-se difícil.







MAIS INFORMAÇÃO, MENOS SABEDORIA:
Nunca estivemos tão expostos a tanta informação como agora, se na minha infância era estimulado a ler livros e assistir desenhos, hoje os meios de informação sofreram grandes contaminações, os livros que antes abriam nossas mentes a imaginação, desenvolviam autenticidade e criatividade foram esquecidos, em seu lugar os smartphones, internet e televisão, além de nos distrair com assuntos fúteis como a vida medíocre de artistas, também estão carregados de inversão de valores e doutrinação ideológica que visa principalmente transformar os jovens em repetidores de bordões e coloca-los contra os princípios familiares.





5 comentários:

--------->>> REGRAS <<<--------------

- Este blog não fecha parcerias com outros blogs e nem com empresas
- Comentários ofensivos NÃO SERÃO LIDOS E SIM ´´EXCLUÍDOS´´
- Reporte erros e falhas do blog como links quebrados, videos fora do ar ou equívocos, agradeço.
- Não coloque links dentro do comentário, coloque em ´´comentar como nome/url´´
- Você tem alguma dica, indicação, sugestão que complementa o post ? comenta ai que eu avalio e adiciono ao post !
- Se desejar que eu responda, cite meu nome ou faça uma pergunta e responderei assim que possível
- Seja educado
Obrigado pela visita